[Fechar]
Publicidade [Fechar]
Em Destaque
Vila Nova de Famalicão

Paulo Cunha obteve uma das maiores vitórias do país

2017-10-03

Política

Texto:
CMAMVNF

Fotografia de:
CMAMVNF




Mais de 50 mil famalicenses votaram no candidato da Coligação Mais Ação. Mais Famalicão

Um privilégio e uma responsabilidade. Foram estes os substantivos utilizados por Paulo Cunha para classificar a esmagadora vitória que obteve em Vila Nova de Famalicão nas eleições autárquicas de domingo, 1 de outubro. Na eleição para a presidência da Câmara Municipal, Paulo Cunha venceu em toda a linha, tendo conquistado a confiança de 51.206 famalicenses, o que equivale a uma vitória por 67,40 pontos percentuais. Os números expressivos, que traduzem a maior resultado de sempre em Vila Nova de Famalicão, fazem de Paulo Cunha o quinto candidato mais votado do país.

“Os famalicenses deram-me a confiança em relação à gestão dos seus interesses, do seu futuro e do seu destino. Uma maioria tão expressiva é algo que significa para mim uma enorme responsabilidade”, disse Paulo Cunha na sua primeira declaração pública logo a seguir à contagem dos votos.

Falando a partir da sede da Coligação Mais Ação. Mais Famalicão, o candidato mostrou-se naturalmente “muito satisfeito por este grande resultado autárquico” garantindo de imediato que “todos os famalicense terão espaço no nosso projeto autárquico”.

Depois de felicitar vencedores e vencidos pela “manifestação de uma enorme maturidade democrática”, Paulo Cunha começou a apontar baterias ao futuro afiançando desde logo que “o exercício autárquico que vamos iniciar será novamente empolgante, envolvente e mobilizador”. E acrescentou: “Sabemos que o Governo do concelho pressupõe a participação e a colaboração de todos e é isso o que me proponho fazer. Quero continuar a ser o porta-voz dos famalicenses a aglutinar a confiança e a disponibilidade de todos”.

Em termos de votação para as freguesias do concelho, a Coligação Mais Ação. Mais Famalicão conquistou 23 juntas, o PS três, sendo as restantes oito correspondentes a movimentos independentes.

Já para a Assembleia Municipal, Nuno Melo obteve 47.037 votos, o que se traduziu numa percentagem de 61,99 %. Com esta votação, a coligação Mais Ação. Mais Famalicão consegue 23 mandatos, mais 2 mandatos do que no exercício autárquico agora terminado.



Vila Nova de Famalicão

Paulo Cunha obteve uma das maiores vitórias do país

2017-10-03

Política

Texto:
CMAMVNF

Fotografia de:
CMAMVNF




Mais de 50 mil famalicenses votaram no candidato da Coligação Mais Ação. Mais Famalicão

Um privilégio e uma responsabilidade. Foram estes os substantivos utilizados por Paulo Cunha para classificar a esmagadora vitória que obteve em Vila Nova de Famalicão nas eleições autárquicas de domingo, 1 de outubro. Na eleição para a presidência da Câmara Municipal, Paulo Cunha venceu em toda a linha, tendo conquistado a confiança de 51.206 famalicenses, o que equivale a uma vitória por 67,40 pontos percentuais. Os números expressivos, que traduzem a maior resultado de sempre em Vila Nova de Famalicão, fazem de Paulo Cunha o quinto candidato mais votado do país.

“Os famalicenses deram-me a confiança em relação à gestão dos seus interesses, do seu futuro e do seu destino. Uma maioria tão expressiva é algo que significa para mim uma enorme responsabilidade”, disse Paulo Cunha na sua primeira declaração pública logo a seguir à contagem dos votos.

Falando a partir da sede da Coligação Mais Ação. Mais Famalicão, o candidato mostrou-se naturalmente “muito satisfeito por este grande resultado autárquico” garantindo de imediato que “todos os famalicense terão espaço no nosso projeto autárquico”.

Depois de felicitar vencedores e vencidos pela “manifestação de uma enorme maturidade democrática”, Paulo Cunha começou a apontar baterias ao futuro afiançando desde logo que “o exercício autárquico que vamos iniciar será novamente empolgante, envolvente e mobilizador”. E acrescentou: “Sabemos que o Governo do concelho pressupõe a participação e a colaboração de todos e é isso o que me proponho fazer. Quero continuar a ser o porta-voz dos famalicenses a aglutinar a confiança e a disponibilidade de todos”.

Em termos de votação para as freguesias do concelho, a Coligação Mais Ação. Mais Famalicão conquistou 23 juntas, o PS três, sendo as restantes oito correspondentes a movimentos independentes.

Já para a Assembleia Municipal, Nuno Melo obteve 47.037 votos, o que se traduziu numa percentagem de 61,99 %. Com esta votação, a coligação Mais Ação. Mais Famalicão consegue 23 mandatos, mais 2 mandatos do que no exercício autárquico agora terminado.