[Fechar]
Publicidade [Fechar]
Em Destaque
Vila Nova de Famalicão

BE VISITOU COMPLEXO HABITACIONAL DE LOUSADO

2017-09-29

Política

Texto:
ACPBE

Fotografia de:
ACPBE




Passeios e Saneamento são prioridades no Complexo Habitacional de Lousado

A forte preocupação social do Bloco de Esquerda de V. N. de Famalicão, bem patente nesta campanha eleitoral, levou a candidatura do Bloco de Esquerda a visitar o Complexo Habitacional de Lousado.

O candidato à Câmara Municipal, José Luís Araújo foi recebido por Abílio Maciel, presidente da Comissão de Moradores deste bairro social e contactou com moradores.

O Complexo Habitacional de Lousado foi construído nos anos 80, onde vivem atualmente cerca de 200 pessoas. É composto por 67 habitações de várias tipologias, sendo que cerca de 40 delas pertencem ao Município e tem ainda um bloco social onde são prestados diversos serviços e também a sede da Associação de Moradores.

Para além dos problemas normais inerentes a bairros sociais, Abílio Maciel apontou como principais prioridades uma intervenção de fundo nos passeios, destruídos pelas raízes das árvores e ainda no saneamento básico, em que muitas vezes várias casas são afetadas.

José Luís Araújo, manifestou toda a disponibilidade do Bloco de Esquerda em contribuir para encontrar soluções e trabalhar de perto com a Associação de Moradores, uma vez eleito vereador a 1 de outubro.



Vila Nova de Famalicão

BE VISITOU COMPLEXO HABITACIONAL DE LOUSADO

2017-09-29

Política

Texto:
ACPBE

Fotografia de:
ACPBE




Passeios e Saneamento são prioridades no Complexo Habitacional de Lousado

A forte preocupação social do Bloco de Esquerda de V. N. de Famalicão, bem patente nesta campanha eleitoral, levou a candidatura do Bloco de Esquerda a visitar o Complexo Habitacional de Lousado.

O candidato à Câmara Municipal, José Luís Araújo foi recebido por Abílio Maciel, presidente da Comissão de Moradores deste bairro social e contactou com moradores.

O Complexo Habitacional de Lousado foi construído nos anos 80, onde vivem atualmente cerca de 200 pessoas. É composto por 67 habitações de várias tipologias, sendo que cerca de 40 delas pertencem ao Município e tem ainda um bloco social onde são prestados diversos serviços e também a sede da Associação de Moradores.

Para além dos problemas normais inerentes a bairros sociais, Abílio Maciel apontou como principais prioridades uma intervenção de fundo nos passeios, destruídos pelas raízes das árvores e ainda no saneamento básico, em que muitas vezes várias casas são afetadas.

José Luís Araújo, manifestou toda a disponibilidade do Bloco de Esquerda em contribuir para encontrar soluções e trabalhar de perto com a Associação de Moradores, uma vez eleito vereador a 1 de outubro.