[Fechar]
Publicidade [Fechar]
Vila Nova de Famalicão

Delães ergue monumento de homenagem aos heróis da terra na guerra colonial

2017-08-07

Efeméride

Texto:
Isaura Costa

Fotografia de:
CMVNF




Paulo Cunha associou-se à sessão de homenagem

Várias dezenas de delaenses participaram, neste domingo, na inauguração do monumento de homenagem aos ex-combatentes das antigas colónias do Ultramar, oriundos de Delães.

A sessão contou também com a presença do presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, que elogiou a iniciativa da Junta de Freguesia. “É uma forma de trazer à memória aqueles que serviram Portugal nas ex-colónias, muitos deles sacrificando a sua própria vida. São exemplos maiores de uma dedicação à comunidade e é muito importante que estas homenagens existam porque a Câmara Municipal associa-se a elas e revesse nelas”, referiu. E acrescentou: “São homenagens justas que, por um lado, evidenciam aqueles homens que são um exemplo de dedicação à pátria e, por outro lado dão a conhecer às novas gerações a nossa história e o nosso passado coletivo”.

Para o presidente da Junta de Freguesia de Delães, Manuel Silva, “este monumento erguido numa das principais ruas da freguesia tem como objetivo recordar, honrar e imortalizar três combatentes, oriundos de Delães que tombaram em combate. Já há algum tempo que queríamos fazer esta homenagem, eternizando o nome destes três delaenses”, sublinhou.

O monumento foi construído na rua Albino Marques e tem inscritos os nomes de António Mário Silva, José Luís Almeida e Manuel Mendes Marques.



Vila Nova de Famalicão

Delães ergue monumento de homenagem aos heróis da terra na guerra colonial

2017-08-07

Efeméride

Texto:
Isaura Costa

Fotografia de:
CMVNF




Paulo Cunha associou-se à sessão de homenagem

Várias dezenas de delaenses participaram, neste domingo, na inauguração do monumento de homenagem aos ex-combatentes das antigas colónias do Ultramar, oriundos de Delães.

A sessão contou também com a presença do presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, que elogiou a iniciativa da Junta de Freguesia. “É uma forma de trazer à memória aqueles que serviram Portugal nas ex-colónias, muitos deles sacrificando a sua própria vida. São exemplos maiores de uma dedicação à comunidade e é muito importante que estas homenagens existam porque a Câmara Municipal associa-se a elas e revesse nelas”, referiu. E acrescentou: “São homenagens justas que, por um lado, evidenciam aqueles homens que são um exemplo de dedicação à pátria e, por outro lado dão a conhecer às novas gerações a nossa história e o nosso passado coletivo”.

Para o presidente da Junta de Freguesia de Delães, Manuel Silva, “este monumento erguido numa das principais ruas da freguesia tem como objetivo recordar, honrar e imortalizar três combatentes, oriundos de Delães que tombaram em combate. Já há algum tempo que queríamos fazer esta homenagem, eternizando o nome destes três delaenses”, sublinhou.

O monumento foi construído na rua Albino Marques e tem inscritos os nomes de António Mário Silva, José Luís Almeida e Manuel Mendes Marques.