[Fechar]
Publicidade [Fechar]
Em Destaque
Vale São Cosme

V TORNEIO INTERNACIONAL CIDADE FAMALICÃO

2017-08-07

Xadrez

Texto:
Mário Oliveira

Fotografia de:
Didáxis




MESTRE INTERNACIONAL DE XADREZ BORYA IDER CAMPEÃO

Decorreu, dos dias 29 de julho a 5 de agosto, na Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco-Vila Nova de Famalicão, o V Torneio Internacional Cidade de Famalicão, organizado pelo Clube de Xadrez A2D em parceria com a Associação de Xadrez do Distrito de Braga, contando com o apoio da Associação de Pais e Encarregados de Educação da Didáxis, Cooperativa de Ensino da Didáxis, Associação Académica da Didáxis, Federação Portuguesa de Xadrez e Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão. O Diretor do Torneio foi o Professor responsável do CX A2D, Mário Oliveira, e a arbitragem esteve a cargo do Árbitro FIDE Eduardo Viana, contando com o apoio do Árbitro Internacional Paulo Rocha e do Presidente da AXDB, Carlos Dias. Com o desempenho de excelência no que diz respeito à arbitragem, Eduardo Viana alcançou a norma definitiva de Árbitro Internacional neste Torneio, o que constituiu motivo de orgulho e regozijo para a organização deste evento xadrezístico.

Este Torneio Internacional contou com a participação de 121 atletas, representantes dos seguintes países: Angola, Bulgária, França, Espanha e Portugal, entre os quais 16 eram Mestres de Xadrez.

O V TICF foi o 6º de 7 torneios do Circuito Nacional de Clássicas da FPX com um total de 3000€ de prémios em jogo. O grande aliciante nesta edição consistiu na realização de 9 sessões, em detrimento das 7 sessões, possibilitando a obtenção de normas de Mestre Internacional de Xadrez e a respetiva subida hierárquica no ranking mundial da Federação Internacional de Xadrez.

O grande vencedor foi o jovem Mestre Internacional de Xadrez francês Borya Ider (CX A2D), cabeça de série nº3, que alcançou 8 pontos em 9 jogos e obteve um prémio de 900 euros.

A um ponto da liderança classificaram-se 4 atletas ordenados do seguinte modo, pelos critérios de desempate: em 2º e 3º lugares classificaram-se, respetivamente, o Grande Mestre português Luís Galego (Assembleia Figueirense, prémio de 650 euros) e o Mestre Internacional espanhol Juan Luis Ramiro (CX A2D, prémio de 450 euros) fechando o pódio absoluto. Em 4º e 5º lugares posicionaram-se o MI André Sousa (GD Dias Ferreira, prémio de 350 euros) e o MI Rui Dâmaso (FC Barreirense, prémio de 250 euros).

A grande vencedora feminina foi a jovem Mestre FIDE francesa do CX A2D, Emma Richard, alcançando o 11º lugar absoluto com 6,5 pontos. Os restantes premiados por escalões foram GM Luís Galego (Veterano, Assembleia Figueirense), Ivo Dias (Sub-20, CX A2D), André Sousa (Sub-18, GDDF), João Fernandes (Sub-16, AA Coimbra), Bruno Martins (Sub-14, Ateneu Popular do Montijo), Filipa Pipiras (Sub-12,EX Porto), Daniel Silva (Sub-10, AX Gaia) e Fábio Dong (Sub-08, CX Sintra). Neste Torneio foram, também, premiados com 25 euros os melhores classificados por categoria ELO: 1º lugar Sub-2200-Hugo Ferreira (GD Ferroviários Barreiro); 1º lugar Sub-2000-Diogo Martins (AX Barcelos); 1º lugar Sub-1800- Bruno Ribeiro (CX A2D) e 1º lugar Sub-1500-Orlando Ribeiro (CX Escola João de Meira).

A cerimónia de encerramento contou com a apresentação de um tema popularizado por Amália Rodrigues, “Foi Deus”, cantado à capela de forma brilhante por Catarina Guimarães, aluna da Didáxis-Vale S. Cosme. Marcaram, também, a sua presença o Presidente da Associação de Pais e Encarregados Educação da Didáxis, Paulo Araújo; o Presidente da Associação Académica da Didáxis, Francisco Assis; o Presidente da Associação de Xadrez do Distrito de Braga, Carlos Dias e o responsável pela arbitragem deste evento xadrezístico, Eduardo Viana.

No final, todos foram unânimes ao considerarem que este evento internacional de Xadrez transformou Vila Nova de Famalicão, na primeira semana de agosto, na Capital do Xadrez Nacional. Pelo quinto ano consecutivo, o Torneio Internacional Cidade Famalicão contribuiu para a divulgação e promoção do jogo das 64 casas. A organização desta iniciativa projeta já, no próximo ano, um Torneio ainda mais forte e competitivo para atribuição de normas de Mestre Internacional e Grande Mestre, dado que Vila Nova de Famalicão viveu uma semana de Xadrez de alto nível, afirmando-se no panorama xadrezístico além-fronteiras.

Mais informações:
http://chess-results.com/tnr290710.aspx?lan=10&art=1&rd=9&fed=POR&flag=30&wi=821
http://www.fpx.pt/web/nacional/historico/20162017/circuito-nacional-de-classicas#famalicao


Vale São Cosme

V TORNEIO INTERNACIONAL CIDADE FAMALICÃO

2017-08-07

Xadrez

Texto:
Mário Oliveira

Fotografia de:
Didáxis




MESTRE INTERNACIONAL DE XADREZ BORYA IDER CAMPEÃO

Decorreu, dos dias 29 de julho a 5 de agosto, na Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco-Vila Nova de Famalicão, o V Torneio Internacional Cidade de Famalicão, organizado pelo Clube de Xadrez A2D em parceria com a Associação de Xadrez do Distrito de Braga, contando com o apoio da Associação de Pais e Encarregados de Educação da Didáxis, Cooperativa de Ensino da Didáxis, Associação Académica da Didáxis, Federação Portuguesa de Xadrez e Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão. O Diretor do Torneio foi o Professor responsável do CX A2D, Mário Oliveira, e a arbitragem esteve a cargo do Árbitro FIDE Eduardo Viana, contando com o apoio do Árbitro Internacional Paulo Rocha e do Presidente da AXDB, Carlos Dias. Com o desempenho de excelência no que diz respeito à arbitragem, Eduardo Viana alcançou a norma definitiva de Árbitro Internacional neste Torneio, o que constituiu motivo de orgulho e regozijo para a organização deste evento xadrezístico.

Este Torneio Internacional contou com a participação de 121 atletas, representantes dos seguintes países: Angola, Bulgária, França, Espanha e Portugal, entre os quais 16 eram Mestres de Xadrez.

O V TICF foi o 6º de 7 torneios do Circuito Nacional de Clássicas da FPX com um total de 3000€ de prémios em jogo. O grande aliciante nesta edição consistiu na realização de 9 sessões, em detrimento das 7 sessões, possibilitando a obtenção de normas de Mestre Internacional de Xadrez e a respetiva subida hierárquica no ranking mundial da Federação Internacional de Xadrez.

O grande vencedor foi o jovem Mestre Internacional de Xadrez francês Borya Ider (CX A2D), cabeça de série nº3, que alcançou 8 pontos em 9 jogos e obteve um prémio de 900 euros.

A um ponto da liderança classificaram-se 4 atletas ordenados do seguinte modo, pelos critérios de desempate: em 2º e 3º lugares classificaram-se, respetivamente, o Grande Mestre português Luís Galego (Assembleia Figueirense, prémio de 650 euros) e o Mestre Internacional espanhol Juan Luis Ramiro (CX A2D, prémio de 450 euros) fechando o pódio absoluto. Em 4º e 5º lugares posicionaram-se o MI André Sousa (GD Dias Ferreira, prémio de 350 euros) e o MI Rui Dâmaso (FC Barreirense, prémio de 250 euros).

A grande vencedora feminina foi a jovem Mestre FIDE francesa do CX A2D, Emma Richard, alcançando o 11º lugar absoluto com 6,5 pontos. Os restantes premiados por escalões foram GM Luís Galego (Veterano, Assembleia Figueirense), Ivo Dias (Sub-20, CX A2D), André Sousa (Sub-18, GDDF), João Fernandes (Sub-16, AA Coimbra), Bruno Martins (Sub-14, Ateneu Popular do Montijo), Filipa Pipiras (Sub-12,EX Porto), Daniel Silva (Sub-10, AX Gaia) e Fábio Dong (Sub-08, CX Sintra). Neste Torneio foram, também, premiados com 25 euros os melhores classificados por categoria ELO: 1º lugar Sub-2200-Hugo Ferreira (GD Ferroviários Barreiro); 1º lugar Sub-2000-Diogo Martins (AX Barcelos); 1º lugar Sub-1800- Bruno Ribeiro (CX A2D) e 1º lugar Sub-1500-Orlando Ribeiro (CX Escola João de Meira).

A cerimónia de encerramento contou com a apresentação de um tema popularizado por Amália Rodrigues, “Foi Deus”, cantado à capela de forma brilhante por Catarina Guimarães, aluna da Didáxis-Vale S. Cosme. Marcaram, também, a sua presença o Presidente da Associação de Pais e Encarregados Educação da Didáxis, Paulo Araújo; o Presidente da Associação Académica da Didáxis, Francisco Assis; o Presidente da Associação de Xadrez do Distrito de Braga, Carlos Dias e o responsável pela arbitragem deste evento xadrezístico, Eduardo Viana.

No final, todos foram unânimes ao considerarem que este evento internacional de Xadrez transformou Vila Nova de Famalicão, na primeira semana de agosto, na Capital do Xadrez Nacional. Pelo quinto ano consecutivo, o Torneio Internacional Cidade Famalicão contribuiu para a divulgação e promoção do jogo das 64 casas. A organização desta iniciativa projeta já, no próximo ano, um Torneio ainda mais forte e competitivo para atribuição de normas de Mestre Internacional e Grande Mestre, dado que Vila Nova de Famalicão viveu uma semana de Xadrez de alto nível, afirmando-se no panorama xadrezístico além-fronteiras.

Mais informações:
http://chess-results.com/tnr290710.aspx?lan=10&art=1&rd=9&fed=POR&flag=30&wi=821
http://www.fpx.pt/web/nacional/historico/20162017/circuito-nacional-de-classicas#famalicao